Coronavírus: Ministério da Economia anuncia medidas para reduzir impactos econômicos

Governo estima injetar 147,3 bilhões na economia

0
35
(Foto: reprodução/internet)

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, durante coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira, 16, anunciou medidas para reduzir impactos econômicos ocasionados pela pandemia do coronavírus. Governo estima injetar 147,3 bilhões na economia que, de acordo com Guedes, 83,4 bilhões serão destinados para a população mais vulnerável e R$59,4 bilhões para manutenção de empregos.

“A economia vai ter R$ 147 bi a mais para girar para saúde e empregos, que são exatamente a preocupação do presidente Jair Bolsonaro: a proteção aos mais vulneráveis (idosos) e a manutenção dos empregos”, diz Paulo Guedes.

No dia 19 de fevereiro o Brasil apresentou ações para enfrentamento ao coronavírus durante reunião dos ministros da Saúde do Mercosul em Assunção, no Paraguai. Após 19 dias do primeiro caso confirmado em território nacional, em São Paulo, o país registra 234 casos confirmados, 2064 casos suspeitos e dois estados têm transmissão comunitária: São Paulo e Rio de Janeiro, segundo o Ministério da Saúde.

NÚMERO DE CONTÁGIOS PELO NOVO CORONAVÍRUS POR ESTADO:

SP: 152 | RJ: 31 | DF: 13 | SC: 7 | PR: 6 | RS: 6 | MG: 5 | GO: 3 | MS: 2 | BA: 2 | PE: 2 | AM: 1 RN: 1 | AL: 1 |SE: 1 | ES: 1

*dados do Ministério da Saúde

- Publicidade -