Defesa Civil vai ao Pinheiro/AL para novas vistorias após denúncia de afundamento de solo

O local fica situado em uma área já evacuada e isolada pelo órgão. A região sofre com afundamento de solo desde março de 2018, após tremor de terra ainda sem explicação.

0
15
Denuncia_afundamento_solo_-_fotos_erik_maia_tnh1__10__04d74620f7
Foto: Erik Maia/TNH1

Uma equipe da Defesa Civil Municipal de Maceió (AL) esteve, na manhã desta terça-feira, 29, no bairro Pinheiro, para averiguar uma denúncia de moradores de que parte de um dos blocos do Conjunto Jardim Acácia teria registrado afundamento.

O local fica situado em uma área já evacuada e isolada pelo órgão. Segundo a assessoria da Defesa Civil, a informação que chegou na unidade foi de que teria ocorrido a evolução das rachaduras no chão e nas paredes, mas os técnicos ainda não confirmaram se aconteceu o afundamento do solo.

Os blocos 7, 8 e 9, próximos a um mercadinho, foram analisados pelo órgão. O bloco 7 é onde, segundo os moradores, o chão teria cedido. Membros da equipe da Defesa Civil chegaram a entrar pela janela de um apartamento no térreo, cuja altura é menor que 1 metro. O resultado da averiguação ainda não foi divulgado.

Denuncia_afundamento_solo_-_fotos_erik_maia_tnh1__7__adc608a4f7
Foto: Erik Maia/TNH1

Um dos representantes do grupo S.O.S. Pinheiro, Geraldo Castro, acompanhou o procedimento e revelou ao TNH1 que visualmente não há nada que indique o afundamento, mas que o solo continua se mexendo no bairro. 

Imagens registradas ao redor dos prédios mostram uma fissura que corta a Alameda Cônego Cavalcante, mas somente após análise, a Defesa Civil vai informar se houve novos danos no local. 

- Publicidade -

Deixe uma resposta