Defesa Civil continua monitorando bairros em São Pedro da Aldeia

0
25

As equipes da Prefeitura de São Pedro da Aldeia seguem monitorando os bairros aldeenses, com o objetivo de amenizar os impactos causados pela chuva nos últimos dias. Em parceria com a Defesa Civil do município, a Secretaria de Serviços Públicos deslocou todo o maquinário para atender possíveis ocorrências causadas pelo mau tempo. De acordo com a última atualização, são esperados ainda 24mm de precipitação pluviométrica nesta sexta-feira (09). O município segue em estado de atenção até o domingo (11).


A Defesa Civil aldeense está atuando no monitoramento, atendimento e prestando auxílio aos moradores, de acordo com as dúvidas e quais providências devem ser tomadas pela população em caso de emergência.

“São Pedro da Aldeia está em estado de atenção, estamos monitorando todos os bairros em parceria com o Plano Emergencial de Contingência, que aciona Assistência Social e Serviços Públicos. A Defesa Civil aldeense está observando as áreas, estamos com um nível acumulado de 94mm, que é o fator mais alarmante. Existe ainda a previsão de mais 24mm de chuva nesta sexta-feira, portanto continuamos em observação para atender emergencialmente a população de São Pedro da Aldeia. Nossas prioridades são a segurança e integridade dos moradores”, disse o diretor de Defesa Civil, Marcus Dothávio.

De acordo com o secretário de Serviços Públicos, Jayme Gomes, o maquinário municipal está atendendo pontos em diversos locais da cidade.

“Estamos trabalhando de acordo com as ocorrências sinalizadas pela Defesa Civil de São Pedro da Aldeia. Realizamos ações de desobstrução nas rodovias estaduais para minimizar os alagamentos e os riscos para motoristas e pedestres. Toda vez que ocorre incidência de grandes chuvas, as equipes de Serviços Públicos ficam à disposição de situações emergenciais, apoiaremos a Defesa Civil até que o cenário esteja estabilizado”, destacou o secretário.

Em caso de emergência como percepção de rachaduras em paredes ou solo, deslizamentos e alagamentos, entre outros, os moradores devem entrar em contato com a Defesa Civil por meio do 199 ou (22) 2621-6054. O setor destaca ainda que ao mínimo sinal de insegurança em imóveis próximos a barrancos e encostas, os moradores devem evacuar o local.