Início Destaque Terremoto deixa mortos e feridos nas Filipinas

Terremoto deixa mortos e feridos nas Filipinas

Por não ter sido muito profundo - cerca de 7 km abaixo da superfície -, o terremoto foi sentido com mais intensidade.

0
20
forte terremoto atinge as filipinas
Forte terremoto atinge as Filipinas

Ao menos seis pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas em um terremoto de 6,6 graus de magnitude que abalou nesta terça-feira (29), a Ilha de Mindanao, sul das Filipinas. Muitos habitantes correram para as ruas durante o tremor, que afetou diversos edifícios, casas e escolas. Cerca de 90% das residências de Tulunan, na Província de Cotabato – local do epicentro -, foram danificadas, de acordo com o prefeito, Reuel Limbungan.

Por não ter sido muito profundo – cerca de 7 km abaixo da superfície -, o terremoto foi sentido com mais intensidade, de acordo com as autoridades locais e o Instituto Filipino de Sismologia e Vulcanologia – Phivolcs . Um pai e um filho morreram atingidos por rochas em razão de um deslizamento de terra sobre sua pequena granja. Mais de 100 vizinhos ficaram feridos.

Imagem do raio de atuação do tremor
É possível observar na imagem até onde foi sentido o tremor.

Outra vítima é um idoso de 66 anos, que morreu no desabamento de sua casa. Duas pessoas morreram em uma avalanche em Magsaysay, na Província de Davao do Sul. Uma grávida morreu pela queda de árvore em Tulunan. O epicentro do tremor foi registrado no mesmo local onde outro terremoto, de 6,4 graus de magnitude, e causou a morte de sete pessoas e ainda provou 200 feridos na mesma região

Tremores secundários

Embora o tremor desta terça não tenha desencadeado um alerta de tsunami, ele provocou até 270 tremores secundários, dos quais 50 foram sentidos. Um deles atingiu uma magnitude de 6,1, segundo o Phivolcs .

Mapa mostra o terremoto principal e os secundários. Portal Defesa Civil

A agência identificou o terremoto a cerca de 60 quilômetros de Davao, a maior cidade de Mindanau e a terceira maior das Filipinas, onde o tremor foi sentido com intensidade “muito forte”.

As Filipinas ficam no chamado anel de fogo do Pacífico, uma área que acumula cerca de 90% da atividade sísmica e vulcânica do mundo e é sacudida por cerca de 7 mil tremores por ano, a maioria moderada.

Sismos de magnitude superior a cinco são registrados esporadicamente na ilha sul de Mindanau; no arquipélago de Batanes, no extremo norte do país; e na região de Bicol.
Este ano, o país sofreu vários terremotos de mais de cinco graus de magnitude. Os mais mortais ocorreram na província de Pampanga em abril passado, que causou 16 mortes, e outro em julho passado em Batanes, com nove.

O último grande terremoto que atingiu o país foi um de 7,1 de magnitude, que causou mais de 220 mortes na região central das Filipinas em outubro de 2013; e em julho de 1990, mais de 2.400 pessoas perderam a vida na ilha de Luzon devido a um tremor de 7,8, um dos mais fortes que atingiu o país.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta