Novas manchas de óleo atingem Porto de Sauípe, na Bahia

Segundo a Sudec, pelotas de óleo foram notadas neste sábado (26). Em Salvador, pessoas evitam praia e grupo faz protesto.

0
16
Novas manchas de óleo atingem Porto de Sauípe na Bahia - capamateria
Foto: Agência Petrobras/Divulgação

Novas manchas de óleo atingiram a praia de Porto de Sauípe, no município de Entre Rios, no litoral da Bahia. Informações iniciais apontam que as novas manchas foram notadas neste sábado (26). A informação é da Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) e do Instituto do Meio-Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). O estado está em situação de emergência.

Conforme informou a Sudec, equipes do Corpo de Bombeiros serão deslocadas até a praia na manhã de domingo (27). Informou ainda que o Ibama também acionou equipes da Petrobras.

No bairro de Itapuã, teve gente que arriscou ir à praia, mas evitou entrar na água ao ver pelotas de óleo na areia. Quem optou por tomar um banho de mar, saiu com óleo no corpo, como foi com a dona de casa Bárbara Maria.

“Vim para praia tomar um banho e está acontecendo isso. Você está em uma água linda e maravilhosa. De repente você sai suja de óleo”, disse Bárbara.

Mulher se arriscou em banho de mar neste sábado (26) e saiu com óleo no corpo na praia de Itapuã, em Salvador — Foto: Reprodução/TV Bahia
Mulher se arriscou em banho de mar neste sábado (26) e saiu com óleo no corpo na praia de Itapuã, em Salvador — Foto: Reprodução/TV Bahia

Em pleno dia de sol, com temperatura variando entre 24ºC e 31ºC – de acordo com o Inmet – as praias de Salvador tiveram pouco movimento neste sábado. O dono de uma barraca de praia, Noel Rocha, conta que está com prejuízo desde que as manchas apareceram na praia da capital baiana.

“Prejuízo pra todo mundo, temos gastos altos”, destacou.

Mais de trezentas toneladas de óleo já trouxeram prejuízos a pelo menos 60 praias baianas. Agora, o governo federal mudou a estratégia e para aumentar o efetivo empregado, o grupo de acompanhamento e avaliação que funcionava no segundo distrito naval foi transferido para Brasília. O centro em Salvador vai continuar coordenando as ações apenas no estado.

Cidades atingidas

As manchas de óleo chegaram as cidades de Ituberá, Uruçuca, Canavieiras e Igrapiúna. De acordo com o órgão, os agentes da Defesa Civil registraram pequenas pelotas de óleo nos quatro municípios na quinta-feira (24). Não há detalhes sobre quais praias foram afetadas. Com esses registros, sobe para 18 o número de municípios baianos atingidos pela substância.

A Sudec informou que encaminhou 9.500 Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os municípios atingidos. Os kits auxiliam nas limpezas das praias e asseguram a segurança de servidores e voluntários.

Além de Ituberá, Uruçuca, Canavieiras e Igrapiúna, as outras cidades atingidas no estado são Ilhéus, Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari, Conde, Esplanada, Vera Cruz, Itaparica, Itacaré, Jandaíra, Entre Rios, Cairu, Maraú e Mata de São João. São quase 60 localidades contaminadas.

Segundo balanço das prefeituras, mais de 300 toneladas já foram removidas dos locais afetados desde que o óleo chegou na Bahia, em 3 de outubro deste ano. O estado foi o último do Nordeste a ser atingido pelas manchas, que começaram a aparecer em setembro.

Destes municípios, Salvador (104,8 toneladas), Entre Rios (50 toneladas), Mata de São João (40 toneladas), Conde (25 toneladas) e Camaçari (20 toneladas) são os que mais tiveram óleo coletado até esta sexta-feira.

Em Cairu, novas manchas de óleo atingiram a Quarta e Quinta Praias e a localidade de Garapuá nesta sexta-feira. As manchas estão sendo retiradas desde as primeiras horas da manhã. Vídeo enviados por voluntários mostram a substância. No início desta tarde, o óleo já havia sido limpo.

Na quinta-feira (24), pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA) divulgaram que encontraram presença do óleo nos aparelhos digestivos e respiratórios de peixes e mariscos recolhidos em locais atingidos pela substância na região metropolitana de Salvador.

A UFBA recomendou que seja declarado estado de emergência em saúde pública na região por causa da contaminação de petróleo. Em um comunicado, a instituição defendeu portaria acionada em casos de “calamidade pública” e reforçou os riscos do contato com o benzeno, composto volátil e tóxico, liberado pelo óleo no meio ambiente.

A contaminação já gera prejuízos. A Bahia Pesca estima que cerca de 43 mil pescadores foram afetados, direta ou indiretamente, pelo derramamento de óleo entre as cidades de Conde e Cairu.

Lista de localidades atingidas

Ilhéus (300 km – sul)

  • Praia do Norte (praia);
  • Cairu (300 km – sul):
  • Morro de São Paulo (2 e 3ª praias);
  • Boipeba (praia);
  • Garapuá (praia);

Maraú (250 km – baixo sul)

  • Praia de Três Coqueiros (praia);
  • Barra Grande (praia);
  • Taipu de Fora (praia);

Itaparica (Ilha de Itaparica – RMS):

  • Manguinhos (praia);

Vera Cruz (Ilha de Itaparica – RMS):

  • Jaburu (praia);
  • Barra Grande (praia);
  • Barra do Pote (praia);
  • Tairu (praia);

Salvador:

  • Piatã (praia);
  • Praia do Flamengo (praia);
  • Jardim dos Namorados (praia);
  • Jardim de Alah (praia);
  • Praia de Placaford (praia);
  • Buracão (praia);
  • Ondina (praia);
  • Pituba (praia);
  • Boca do Rio (praia);
  • Stella Maris (praia);
  • Farol da Barra (praia);

Lauro de Freitas (cidade limítrofe – RMS):

  • Ipitanga (praia);
  • Vilas do Atlântico (praia);
  • Rio São Joanes (rio);

Camaçari (47 km – RMS):

  • Arembepe (praia);
  • Guarajuba (praia);
  • Itacimirim (praia e manguezal);
  • Jauá (praia);

Mata de São João (61 km – RMS):

  • Praia do Forte (praia);
  • Imbassaí (praia e manguezal);
  • Santo Antônio (praia);
  • Costa do Sauípe (praia);

Entre Rios (142 km):

  • Subaúma (praia);
  • Porto de Sauípe (praia);
  • Massarandupió (praia);

Esplanada (170 km):

  • Baixio (praia);
  • Mamucabo (praia);
  • Rio Inhambupe (rio);
  • Rio Subaúma (rio);

Conde (186 km):

  • Barra da Siribinha (praia);
  • Barra do Itariri (praia);
  • Sítio do Conde (praia);
  • Poças (praia);

Jandaíra (205 km):

  • Coqueiro (praia);
  • Mangue Seco (praia);
  • Três Coqueiros (praia);
  • Costa Azul (praia);
  • Rio Itapicuru (rio);
  • Rio Real (rio);

Itacaré (390 km – sul da BA):

  • Tiririca (praia);
  • Itacarezinho (praia);

Maraú (250 km – sul da BA):

  • Barra Grande (praia);
  • Taipú de Fora (praia);
  • Três Coqueiros (praia);
  • Saquaíra (praia);
  • Algodões (praia);
- Publicidade -

Deixe uma resposta